Cantando no Prog. Flávio Cavalcanti - www.falamaestro.com.br

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Fala, Maestro! > Parte 1
CANTANDO NO PROGRAMA FLÁVIO CAVALCANTI
 

Quero contar uma história muito interessante que aconteceu comigo.
 
Eu estava lançando o meu primeiro disco, pela Copacabana, selo Underground, com produção do grande produtor e apresentador de programas de Rádio e TV, Alfredo Borba.
 
Em busca dos caminhos para divulgar o disco, levei um exemplar para o diretor do Programa Flávio Cavalcanti, Paulo Roberto.
 
Ele me atendeu muito bem e, depois de alguns dias, entrou em contato comigo trazendo a boa notícia:
 
-Sergio Valério, você vai fazer o lançamento do seu disco no Programa Flávio Cavalcanti!
 
Imaginem você a minha alegria... Lançar o meu primeiro disco em um dos programas de maior audiência da televisão brasileira, na época, era o que se podia chamar de “A GRANDE CHANCE”, aliás, o nome do programa.
 
Antes do programa, um ensaio com a orquestra (sim, era uma orquestra). Levei os arranjos do Maestro Leo Peracchi (que os havia feito para o disco) e a orquestra, é claro, formada por grandes músicos, executou com brilhantismo tudo o que o maestro havia escrito.
 
Tudo era “ao vivo”. Nada gravado. O programa começou e Flávio Cavalcanti estava brilhante como sempre. Ele sabia como ninguém prender a atenção de todos, conduzindo o programa com maestria.
 
Como os assuntos debatidos no programa se alongaram, não houve tempo para todas as apresentações musicais, inclusive a minha, fato normal.
 
O que me surpreendeu foi que a produção do programa veio e com muita gentileza me disse que não haveria tempo para a minha apresentação, mas que eu voltaria para cantar na próxima semana. Normal também, certo?
 
Aí veio a comunicação realmente surpreendente, como disse acima. O produtor me disse:
 
-Durante a semana, pode vir receber o cachê no Departamento Financeiro da TV Tupi, a emissora que levava ao ar o programa.
 
Eu tinha na época os meus 20 e poucos anos e pensei comigo mesmo:
 
-Como? Eu não cantei e recebo o cachê?
 
Bem, durante a semana fui até a TV Tupi e recebi o meu cachê.
 
Na semana seguinte lá estava eu pronto para me apresentar. O programa, animadíssimo, com muitas polêmicas, também se alongou e eu e mais alguns cantores não conseguiram se apresentar, ficando para a próxima semana.
 
Para maior surpresa minha, o fato se repetiu. O produtor me disse que eu poderia vir receber o meu segundo cachê, mesmo sem ter cantado!
 
Conforme o combinado, fui até a TV Tupi e recebi o meu segundo cachê.
 
Na próxima semana voltei ao programa, conforme combinado.
 
Enfim, eu me apresentei com 3 músicas, uma delas, inclusive, foi “Perguntei por você”, que está em um clip no youtube pelo link que citarei abaixo deste texto.
 
Deixando de lado a modéstia, Flávio Cavalcanti rasgou muitos elogios ao disco e, fiquei imensamente feliz!
 
O diretor do programa, Paulo Roberto, foi também imensamente atencioso comigo, aliás foi ele que me possibilitou o acesso ao programa ao ouvir o meu disco e aprová-lo para a apresentação.
 
Cantar 3 músicas, ao vivo, acompanhado da grande orquestra da TV Tupi, foi uma emoção indescritível...
 
O respeito para com o artista, demonstrado por Flávio Cavalcanti e toda a produção do programa, mesmo com um profissional que iniciava a sua carreira, como eu era na época, marcou muito a minha vida.
 
Flávio Cavalcanti não está mais entre nós, mas com certeza marcou a sua trajetória na Televisão Brasileira, pelo seu grande talento e por esta consideração com tantos artistas que abrilhantaram a nossa Música como o grande Emílio Santiago.
 
Aliás, qualquer dia destes, quero falar do inesquecível Emílio Santiago.
 
Um forte abraço para você!

Maestro Sergio Valério

Capa do LP, tema desta crônica do Maestro Sergio Valério. Deste disco, 03 músicas foram apresentadas no Programa Flávio Cavalcante, na TV Tupi.
Para ver o clip da música “Perguntei por você”, clique na imagem do disco.
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal