Música tema de novela da Globo - www.falamaestro.com.br

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Fala, Maestro! > Parte 2
 
MINHA MÚSICA COMO TEMA DE NOVELA DA GLOBO

É fácil ter uma música como tema de uma novela da Globo?
 
Qualquer compositor iniciante vai concordar que seria considerada uma missão “quase” impossível, digna do filme que tem este nome.
 
Pois bem, vou contar a história de como a minha música “Décima Vez” foi tema da novela “Memórias de Amor”, da Globo.
 
Eu costumava ir ao escritório da Som Livre bater papo com o meu amigo Benê Alves, excelente compositor.
Lá eu conhecia o Toninho, que era chefe do Departamento de Divulgação da gravadora da Globo.
 
Em uma destas visitas, perguntei para o Toninho:
 
- Quem escolhe as músicas para as novelas da Globo?
 
Ele respondeu: - É o Arnaldo Schneider. Ele fica nos escritórios da Som Livre, em Botafogo.
 
Respondi então: - Posso procurá-lo em seu nome?
 
Ele respondeu: - Sim, Pode!
 
Não pensei duas vezes. No dia seguinte, violão no estojo e uma mochila com algumas roupas, peguei um ônibus que saía do Terminal Rodoviário em São Paulo à meia-voite. Fui para o Rio de Janeiro.
 
Na própria Rodoviária do Rio, tomei um banho, troquei de roupa (naturalmente amassada pela viagem), tomei um café com pão na chapa e fui também de ônibus para a Rua Assunção, onde ficava a Som Livre.
 
Lá cheguei e o ar condicionado da recepção da Som Livre se fez presente. O recepcionista, que infelizmente não lembro o nome, me recebeu com muita gentileza quando eu falei:
 
- Bom dia! O Arnaldo Schneider está? O Toninho, da Som Livre de São Paulo é quem me pediu para procurá-lo.
 
O recepcionista tocou o telefone para a sala daquele que escolhia as músicas para as novelas da Globo.
 
Depois de alguns minutos, eu estava na sala do homem que escolhia as músicas para as novelas da Globo.
 
Schneider me recebeu muito bem e me perguntou:
 
-Pois não, em que posso atendê-lo?
 
Eu disse: - O Toninho me disse que eu poderia procurá-lo. Eu gostaria de mostrar uma música minha.
 
Schneider então sorriu e disse: - Fique à vontade. Pode mostrar.
 
Tirei o violão do estojo e cantei “Décima Vez”, a última música que eu havia feito dias atrás.
 
Arnaldo Schneider ouviu atentamente e, ao final, disse:
 
- Você pode cantar de novo?
 
Confesso que o coração bateu mais rapidamente, enquanto eu repetia a apresentação da música.
 
Ele ouviu e ao término me disse:
 
- Você me dá licença um instante?
 
Respondi que sim e fiquei esperando por cerca de uns minutos.
 
Arnaldo Schneider voltou e falou:
 
- Você pode gravar a música pra mim agora?
 
Eu, é claro, respondi que sim e o acompanhei até um dos estúdios maravilhosos da Som Livre.
 
Acredito que o nome do técnico que gravou a música era Iedo, um famoso editor de músicas das novelas da Globo.
 
Ao final da gravação, Schneider me agradeceu e me pediu para procurar o escritório da editora da Globo em São Paulo, pois a música seria tema da próxima novela das seis, “Memórias de Amor”.
 
Saí da Som Livre pisando em nuvens. Acho que nem almocei e jantei naquele dia. A Vida já havia alimentado os meus sonhos e, como costumam dizer, artista “vive” de sonhos...
 
Alguns dias depois eu estava novamente nos estúdios da Som Livre acompanhando a gravação que Ricardo faria da música. Tive também o prazer de, antes, fazer a “voz guia” para que o Ricardo pudesse conhecer melhor a música dentro do arranjo musical que havia sido feito.
 
Enfim, é esta a história da música “Décima Vez”, que foi tema da novela “Memórias de Amor”, da Globo.
 
Contei tudo isso para que você, que está iniciando a sua carreira como compositor, acredite que nada é impossível.
 
Tente. O máximo que poderá acontecer é um “não”, mas de repente pode surgir um “sim” que abrirá as portas para a sua carreira.
 

Um forte abraço!

 
Maestro Sergio Valério
"Memórias de Amor" foi uma telenovela brasileira produzida e exibida no horário das 18 horas pela Rede Globo, no período de 5 de março de 1979 à 1 de junho de 1979. Foram 82 capítulos nesta novela escrita por Wilson Aguiar Filho, baseada no romance "O Ateneu", de Raul Pompéia. A direção foi de Gracindo Júnior, com supervisão de Herval Rossano.

Abaixo o elenco, sendo que a música "Décima Vez", de Sergio Valério, interpretada pelo cantor Ricardo, foi tema do casal protagonista da novela Sandra Bréa e Eduardo Tornaghi.

  • Eduardo Tornaghi - Jorge Argolo Ramos
  • Sandra Bréa - Lívia Monteverde
  • Jardel Filho - Professor Aristarco Argolo Ramos
  • Maneco Bueno - Sérgio
  • Ricardo Blat - Egbert
  • Eva Todor - Agripina
  • Ary Fontoura - Mânlio
  • Karin Rodrigues - Miss Nora
  • José Augusto Branco - Ciro
  • Myrian Rios - Maria Argolo Ramos
  • Castro Gonzaga - Professor Venâncio
  • Aracy Cardoso - Ema
  • Fátima Freire - Dora
  • Luiz Armando Queiroz - Adolfo
  • Nelson Caruso - Alfredo
  • Gilberto Martinho - Mauro Pompeia
  • Ana Ariel - Bernarda
  • Ney Sant'Anna - Mário
  • Luiz Orioni - Profeta
  • Wolf Maia - Rebelo
  • Tião D'Ávila - Sanches
  • Cosme dos Santos - Manuel
  • Felipe Wagner - Battailard
  • Diogo Villela - Rômulo
  • Edson Silva - Cláudio
  • Angelito Mello - Jalincourt
  • Tânia Loureiro - Laura
  • Luciano Sabino - Mata
  • Ana Lúcia Torre - Princesa Isabel
  • Waldemar Rocha - Conde D'Eu
  • Dary Reis - Gomes
  • Marly Aguiar - Alice
  • Denny Perrier - Silva Jardim
  • Solange Theodoro - Angela
  • José Luiz Rodi - Branquinho
  • Victor Villar - Franco
  • Caio Brossa - Aluno, colega de Sérgio e sua turma
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal