A Educação de Gilberto Gil - www.falamaestro.com.br

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Fala, Maestro! > Parte 3
A EDUCAÇÃO DE GILBERTO GIL

Eu estava atuando como repórter da Rede TV! Para o programa “A Casa é Sua”, apresentado por Clodovil.
Era um show especial, “Ayrton Senna in Concert”, que estava acontecendo no Estádio do Pacaembu, em São Paulo.
 
A organização do evento não permitiu que entrássemos na área dos camarins dos cantores e demais artistas que lá se apresentariam em homenagem ao inesquecível Ayrton Senna, pois aquela área era exclusiva da emissora que realizava o evento.
 
A alternativa foi a nossa equipe ficar onde sairiam os artistas, ou seja, em um outro ponto do estádio.
A chuva começou a cair, mas nós ficamos firmes ali, à espera, para buscar as entrevistas para o programa.

Quando Gilberto Gil saiu, um grande número de repórteres se aproximou daquele que, na época, também era o ministro da cultura.
Disparei a minha pergunta sobre o que representava para ele estar ali na homenagem à Ayrton Senna.
 
Ele respondeu de forma muito simpática. Eu então, comecei a fazer outra pergunta, mas Gil queria complementar a sua resposta anterior e então rapidamente levei até ele o microfone para que continuasse o seu raciocínio.
 
Ao final, Gilberto Gil, me surpreendeu, dizendo:
- Eu interrompi você, peço desculpas. O que você queria mesmo me perguntar?
Eu refiz a pergunta, mas na verdade naquele momento eu queria era elogiar o grande compositor e intérprete da MPB pela sua atitude.
Ele, além de um grande nome da arte, também ministro da cultura na época, estava sendo extremamente gentil e educado com o repórter.
A chuva continuava a cair e Gil, também em plena chuva como este repórter, respondia a minha nova pergunta, com toda a atenção.

A minha reflexão, naquele momento, foi que ele, apesar de todo o sucesso de sua carreira, permanecia uma pessoa muito especial, que mantinha a gentileza como uma referência nas suas atitudes.
Ao final de sua resposta, agradeci e ele continuou a responder as perguntas dos outros repórteres.

Hoje, relembrando o fato, tenho a convicção de que, se todos nós pudermos permanecer como Gilberto Gil, simplesmente seres humanos, independentemente do sucesso que conquistarmos em nossas vidas, a nossa convivência será muito mais fácil e feliz.
Aproveito para enviar para Gil, “aquele abraço”, desejando que, cada vez mais, possamos ter o privilégio de ouvi-lo compor e cantar em suas em suas sempre maravilhosas canções.
 
Maestro Sergio Valério

Nota: Para assistir todas as entrevistas realizadas no "Ayrton Senna in Concert", clique no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=m1V-zinxjyY
 
 
Busca
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal